A minha foto
Nome:
Localização: Lisboa, Portugal

Sou uma mulher transexual de Lisboa, Portugal, onde nasci e cresci. Neste espaço poderá encontrar pensamentos, reflexões e comentários inerentes à minha vida como mulher trans. Seja benvind@ ao meu cantinho.

sexta-feira, outubro 24, 2008

Cantora de 16 anos é a mais jovem a começar processo de readequação sexual


Quem vê a loirinha na foto acima dificilmente diria que ela nasceu menino. Kim Petras, cantora alemã de apenas 16 anos, é possivelmente a pessoa mais jovem a iniciar um tratamento de redesignação sexual.

Aos 12, Kim, até então conhecida como Tim, passou por várias perícias médicas até que ficasse comprovado que ela era um caso típico de transexualidade. Teve início então o tratamento hormonal para interromper as manifestações masculinas da puberdade e ela agora recebe hormônios para começar a desenvolver formas femininas e preparar-se para a futura cirurgia.

A história de Kim gerou um debate entre a comunidade médica sobre qual seria o melhor momento para iniciar tratamentos deste tipo. Atualmente, alguns países permitem a interrupção da puberdade através de hormônios, pensando em tornar o processo de mudança de sexo mais tranquilo.

Hoje, o mais importante para Kim é, definitivamente, a música. A moça, que fisicamente lembra a Baby Spice Emma Bunton, está fazendo um relativo sucesso na Europa. O single "Last Forever", lançado este ano, rendeu milhares de acessos no Youtube e MySpace, além de alguns remixes.

Enquanto sua condição é comentada mundo afora, Kim concentra suas forças na divulgação da canção "Fade Away", que dá uma dica do sonho que a loirinha está decidida a perseguir: ser uma estrela do pop. Quando perguntada sobre o tratamento a que se submete, Kim parece não dar muita importância: "Minha música é o mais importante para mim no momento. Sei que meu passado fará com que as pessoas sobre a questão, não posso escapar. Só espero ser algum dia mais reconhecida por minha música que pelo meu passado".

Tudo bem que a carreira de Kim Petras está só no começo e ela terá que ralar muito para realizar o desejo de ser um fenômeno da música mundial. Se a gravadora Joyce Records, com a qual Kim tem contrato, cercar a moça com um time competente de produtores, pode ser que sua voz caia de vez no mainstream.

Enquanto isso, visite o MySpace e o canal de Kim no Youtube.

Notícia: Mix Brasil

2 Comments:

Blogger Femme Fatale said...

Que sorte começar bem cedinho e ter o apoio dos pais, porque não há aqueles incovenientes de uma transição mais madura, quando temos que reacostumar o mundo à nossa nova imagem, bem como mudar documentos mil, coisa e tal. Sorte na jornada dela! ;)

outubro 27, 2008 8:50 da tarde  
Anonymous Jonathan 'Hamelin' Malavolta said...

Na Folha online - versão online do jornal Folha de São Paulo, um dos mais conceituados jornais brasileiros - li, na coluna denominada Últimas notícias, não lembro se em janeiro ou fevereiro deste ano (2009), que ela já havia feito a cirurgia de redesignação. Não sei se é verdadeiro o fato, mas é o que foi publicado.

(a): Jonathan 'Hamelin' Malavolta, também estudante de Música.

abril 02, 2009 7:29 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home